É possível recuperar algum arquivo que foi perdido sem estar na nuvem?

Publicado em: Kaizen Cloud Marcado como: armazenamento, Armazenamento Nuvem, Backup, backup em hd, Backup em nuvem, Banco de Dados, Cloud, hd externo, Icloud, software comercial, software ERP, tga sistemas
É possível recuperar algum arquivo que foi perdido sem estar na nuvem?

De tempos em tempos, nós nos vemos obrigados a fazer uma limpeza em nossos computadores, quase como as faxinas de primavera que nossas mães e avós faziam. Mas o que fazer quando excluímos um arquivo que não deveria ser excluído, é possível recuperar algum arquivo?

Essas faxinas que fazemos, tal como formatar todo um computador, funcionam para justamente liberar espaço nas memórias para o uso contínuo delas, ou até mesmo para nos livrarmos de algum malware que possa estar danificando nosso computador. E mesmo depois de apagar, ainda podemos recuperar alguns arquivos.

É possível recuperar algum arquivo?

Sim, é possível a recuperação de arquivos excluídos que não estão na nuvem. Nossos HDs e memórias flash são os hardwares que usamos para salvar todos os nossos arquivos. É neles que até mesmo os malwares se alocam para danificar o seu equipamento.

Essas memórias têm capacidade para salvar arquivos até o momento que atingem a capacidade máxima deles, após isso nada mais é salvo, e, para abrir espaço, precisamos deletar alguns arquivos.

É possível recuperar algum arquivo por duas maneiras. Quando excluímos nossos arquivos pelo comando DELETE do sistema operacional, eles são encaminhados para a pasta lixeira, e ela posteriormente irá deletar eles permanentemente. Porém, caso consiga acessar a pasta lixeira antes desse processo, você poderá recuperar o arquivo que tanto quer salvar.

Se você acabou chegando tarde, ou até mesmo formatou o computador, saiba que essas memórias funcionam por ciclos, porque, mesmo após a exclusão do arquivo, uma cópia oculta dele fica salva, e ao completar o ciclo da capacidade da memória, o HD começar a sobrepor esses arquivos fantasmas com os arquivos novos.

Enquanto a memória não completar esse ciclo de se sobrepor com os outros arquivos, é possível recuperar algum arquivo.

Ferramentas para isso

Existem uma série de ferramentas que fazem esse trabalho por nós. São aplicativos que leem essa área livre da memória e identificam, a partir do local que os arquivos ocupavam na memória, a localização do arquivo fantasma, e antes que o HD sobrepuja esse espaço com nova informação, o aplicativo o resgata tornando um arquivo físico na memória.

Após isso, é só salvar, ou movê-lo para outra pasta, caso isso não seja feito o arquivo ainda ficar inacessível e poderá ser apagado para dar lugar à nova informação.

Em casos mais drásticos, existem também algumas empresas especializadas na recuperação total de arquivos em Hard-drives.

Por via das dúvidas

É possível recuperar algum arquivo também pelo o sistema de compartilhamento e armazenamento de arquivos na nuvem. Muitos provedores costumam disponibilizar ferramentas para esse tipo de problema.

Salvando em um histórico em seu perfil de usuário, quando um específico arquivo foi adicionado no acervo, fazendo com que você possa não só ter controle de tudo que é guardado lá, mas também um acesso para acioná-lo para que assim possa recuperá-lo caso tenha apagado por engano.

Essa é uma das inúmeras vantagens que o sistema nuvem oferece para seus usuários.